EMBAIXADA DA HUNGRIA TOMA ATITUDE CONTRA FUNCIONÁRIOS POR CONTA DE VAZAMENTO DE IMAGENS DE BOLSONARO

54
0
COMPARTILHAR

Dois funcionários da embaixada da Hungria no Brasil foram demitidos após suspeitas de terem vazado vídeos do circuito interno de segurança que mostravam a hospedagem do ex-presidente Jair Bolsonaro em fevereiro.

Confira detalhes no vídeo:

Embora não haja provas concretas do envolvimento dos prestadores de serviço na divulgação do material, a representação diplomática optou por desligá-los. O vazamento dos vídeos gerou controvérsia e preocupação com a segurança e a privacidade de autoridades hospedadas em embaixadas estrangeiras.

A decisão de demissão ressalta a gravidade do incidente e a necessidade de preservar a confidencialidade das informações e a integridade das instituições diplomáticas. O caso evidencia a importância da segurança cibernética e da proteção de dados sensíveis em ambientes diplomáticos.

Fonte: pensando direito

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui