Brasil é escolhido como sede da Copa do Mundo Feminina de Futebol 2027: veja estádios

20
0
COMPARTILHAR

Depois de 13 anos, o Brasil voltará a receber uma Copa do Mundo de futebol. Nesta sexta-feira, 17 de maio, a Fifa confirmou que o país será a sede da Copa do Mundo Feminina 2027. A candidatura brasileira venceu o pleito no Congresso da Fifa, realizado na Tailândia, recebendo 60% dos votos do colégio eleitoral composto pelas federações nacionais filiadas à entidade. O próximo Mundial está previsto para acontecer entre 24 de junho e 25 de julho de 2027, com a presença de 32 equipes. Será a primeira Copa do Mundo Feminina de futebol da história no Brasil.

O Brasil tinha apenas um concorrente na disputa pela Copa do Mundo Feminina 2027: uma candidatura conjunta entre Alemanha, Bélgica e Países Baixos. Estados Unidos e México também lançaram uma proposta oficial, mas se retiraram do pleito em abril, para concentrar esforços pelo Mundial de 2031. O Brasil partia como favorito à eleição desta sexta-feira, diante dos resultados apresentados pelo relatório oficial de avaliação da Fifa. A proposta brasileira recebeu 4.0 pontos num total de 5.0 possíveis, contra 3.7 pontos do trio europeu.
Diante da desvantagem na avaliação prévia, a apresentação de Alemanha-Bélgica-Países Baixos no Congresso da Fifa tentou ressaltar pontos em que teria vantagens sobre o Brasil, como em relação às distâncias menores e à facilidade nos transportes. Já a candidatura do Brasil exaltou a identidade do país, a inovação, a história do futebol feminino e capacidade de sediar grandes eventos. Personalidades participaram em vídeo, inclusive Marta e Sissi, enquanto Formiga, Aline Pellegrino e Kerolin estavam presentes. Por fim, o Brasil recebeu 119 votos, contra 78 para o trio europeu.

O planejamento apresentado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) prevê que dez cidades que receberam a Copa do Mundo Masculina 2014 também sediem a Copa do Mundo Feminina 2027. Curitiba e Natal são as únicas ausências em relação ao Mundial de 2014. Além disso, todos os estádios presentes na proposta brasileira fizeram parte do evento em 2014. Tanto a final quanto o jogo de abertura ocorrerão no Maracanã.

Essa é a terceira vez que o Brasil receberá uma Copa do Mundo de Futebol, após os torneios masculinos em 1950 e 2014. Além disso, desde a última década, o país se acostumou a sediar diferentes competições internacionais da modalidade – a Copa das Confederações em 2013, a Copa América em 2019 e 2021, o Mundial Sub-17 em 2019, entre outros. O Rio de Janeiro, em particular, também se beneficia da estrutura expandida para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.

Serão 13 estádios em 10 cidades-sedes nas 5 regiões do país:

São Paulo – Allianz e NeoQuimica
Rio de Janeiro – Maracanã
Belo Horizonte – Mineirão e Arena MRV
Brasília – Mané Garrincha
Fortaleza – Castelão
Recife – Arena Pernambuco
Salvador – Fonte Nova
Cuiabá – Arena Pantanal
Manaus – Arena Amazonas
Porto Alegre – Beira-Rio e Arena do Grêmio

Fonte: PB Esportes com informações de olympics.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui