Morre Wanderley Tribeck, o primeiro palhaço Bozo do Brasil

25
0
COMPARTILHAR

Wanderley Tribeck, o primeiro intérprete do palhaço Bozo no Brasil, morreu aos 73 anos em Balneário Camboriú, Santa Catarina. Ele sofreu um infarto por volta das 23h de terça-feira (18) e não resistiu.

A informação foi confirmada pelo filho de Tribeck, Wanderley Tribeck Jr., nas redes sociais. “O momento é muito triste, o momento é delicado…Peço forças, porque por mais que a gente se prepare na vida, para essas coisas a gente nunca está preparado. Meu coração está de luto”, lamentou.

Conhecido como Wandeko Pipoka, Tribeck foi escolhido para representar o palhaço mais famoso dos Estados Unidos no Brasil após o apresentador Silvio Santos adquirir os direitos do palhaço para o Brasil. O ano era 1980.

Vários comediantes fizeram testes em Nova York, mas Wanderley Tribeck, que já trabalhava como o palhaço Wandeko Pipoca, foi o escolhido por Larry Harmon, o dono da franquia, para ser o Bozo brasileiro.

História
Bozo estreou na Brasil na manhã de 6 de setembro de 1980, e ia ao ar diariamente pela Rede de Emissoras Independentes (REI), somente para o Rio de Janeiro (TVS Rio) e Minas Gerais (TV Alterosa). A partir de 15 de setembro do mesmo ano, passou a ser exibido em São Paulo pela TV Record, até 18 de agosto de 1981. Depois dessa data, começou a ser apresentado pelo SBT em rede nacional.

Na primeira fase, Wanderley interpretava sozinho o personagem. Foi somente em 1981 que Arlindo Barreto se junto à equipe. Em agosto de 1982, Wanderley interpretou o palhaço pela última vez e o programa saiu do ar, retornando em 1983 com Luis Ricardo como Bozo.

Nos últimos anos, Wanderley havia se tornado pastor evangélico na Assembleia de Deus de Criciúma, no Sul de Santa Catarina.

Fonte: SBT News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui