Polícia Federal deflagra 28ª fase da Lesa Pátria contra financiadores do 8 de janeiro

22
0
COMPARTILHAR

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, 20, a 28ª fase da Operação Lesa Pátria para identificar pessoas que financiaram e fomentaram os atos de 8 de janeiro de 2023, quando as sedes dos Três Poderes, em Brasília, foram invadidas e depredadas por vândalos.

Por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), os agentes da PF foram às ruas cumprir 27 mandados judiciais, dos quais 15 são de busca e apreensão e 12 de busca pessoal, nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina.

O ministro do Supremo também determinou a indisponibilidade de bens, ativos e valores dos investigados.

Danos de 40 milhões de reais

Segundo a PF, apura-se que os valores dos danos causados ao patrimônio público possam chegar a 40 milhões de reais.

“Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido”, informou a PF, em nota.

As investigações continuam em curso e a Operação Lesa Pátria é permanente, com atualizações periódicas acerca do número de mandados judiciais cumpridos e pessoas capturadas.

Quantos mandados a PF cumpre em cada estado?

Ao todo, a PF cumpre dois mandados de busca e apreensão em Goiás, dois em Mato Grosso do Sul e 11 em Santa Catarina.

Por outro lado, são dois mandados de busca pessoal em Goiás, dois em Mato Grosso do Sul e oito em Santa Catarina.

Fonte: O Antagonista

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui