Candidaturas laranjas: Justiça faz retotalização após cassação de vereadores em Campina Grande

18
0
COMPARTILHAR

O Tribunal Regional eleitoral retotalizou hoje os votos da eleição proporcional em Campina Grande. O procedimento ocorre após a cassação dos suplentes e de quatro vereadores do União Brasil e do Pros, eleitos na disputa de 2020. Foram cassados Waldeny Santana (União) e Dinho Papaléguas (União), e Carol Gomes (Pros) e Rui da Ceasa (Pros).

Com a retotalização deverão assumir os mandatos os suplentes Napoleão Maracajá, Bruno Faustino, Márcio Melo e Doutora Carla.

Dos quatro, três fazem oposição ao prefeito Bruno Cunha Lima (PSD). Com isso a expectativa é de que a bancada de oposição passe a ser majoritária no Legislativo municipal.

O presidente da Câmara de Vereadores de Campina Grande, Marinaldo Cardoso, disse que aguardará a determinação da Justiça para dar posse aos novos vereadores.

Depois da retotalização os suplentes ainda serão diplomados no dia 29 próximo para estarem aptos para a posse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui